Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009
A Avaliação - Fazer ou Não Fazer, Eis a Questão

Muito se tem falado e discutido sobre a avaliação dos professores ou mais precisamente sobre o modelo de avaliação que foi aprovado para efectuar a dita avaliação. Muitos são os que concordam e muitos mais os que discordam. Até o momento de tudo o que já ouvi acabei sempre sem conseguir entender afinal quais as razões de tal discordância. Se o modelo é baseado no modelo da função pública, e a função pública até não protestou muito, qual é o mal? Assim o casadegentedoida foi a procura de alguém que o pudesse esclarecer, mais ou menos sobre o assunto e entrevistamos a Drª Conceição Caniche, Técnica de Higiene e Salubridade e Gestora Organizacional de Mobiliario de Escritório.

 

Casadegentedoida: O que pensa sobre a avaliação dos professores?

Drª.C.C.- Duma maneira geral penso que é positivo que haja uma avaliação sobre os        professores, ela vai permitir por um lado beneficiar aqueles que realmente trabalham, se esforçam e querem educar as crianças e jovens e por outro fazer ver a outros que sem trabalho e esforço ficam sempre na mesma carreira.

C.:- Concorda com o sistema de avaliação aprovado pelo Ministério da Educação?

Drª.C.C.- Concordo e não concordo. Daquilo que li  e consegui interpretar e me foi dado a conhecer através da comunicação social, o referido sistema tem mais coisas boas do que más, será realmente necessário ajustar algumas partes que podem ser causadoras de duvidas entre os professores, mas no geral é bom. O sistema de avaliação de desempenho hoje já é largamente utilizado nas grandes e médias  empresas, uns são promovidos outros não, uns recebem aumentos de salário outros nem por isso.

C.:- Acha que há motivo para tanto protesto por parte dos sindicatos?

Drª.C.C.- O que eu penso é que os sindicatos estão fazendo o papel deles, defendem os seus associados, a classe dos professores e os seus direitos, mas a mim parece-me que há mais qualquer coisa (ou alguns) por detrás destes protestos. O sistema não pode ser assim tão mal para os outros partidos estarem contra o Governo, deve haver outros interesses envolvidos, como estamos perto das eleições esta é uma maneira de mostrar trabalho a custa duma situação que podia ser resolvida a bem.

C.:-  Acha que há manipulação nos protestos e greves dos professores?

Drª.C.C.-  Claramente que acho, senão vejamos, só pessoas altamente capacitadas e treinadas em organizar protestos é que poderiam mobilizar tantos professores como na última manifestação. Tentaram com os jovens mas os nossos jovens são calmos, sossegados, não estão habituados a pensarem por eles próprios (foram manipulados), foi sol de pouca dura, um rastilho curto. Mobilizam-se os professores (cultos, esclarecidos) como? jogando uns contra os outros, e eles? deixam-se manipular.

C.:- Quem acha que serão os manipuladores?

Drª.C.C.- Das imagens que vi na televisão estes dias e das reacções de algumas pessoas não ficava nada admirada que fossem elementos de outros partidos envolvidos nessa artimanha. Álias o próprio PS parece-me que já fez o mesmo quando não era governo e foi várias vezes acusado disso pelo PSD, penso eu.

C.:- Como se resolveria a questão?

Drª.C.C.- Penso que se os responsaveis dos Sindicatos se deixarem de tanto protagonismo em frente as camaras de televisão, em frente ao Parlamento, em protestos que não levam a lado nenhum, sentarem a mesa das negociações com o Governo é muito provável que cheguem a um consenso que agrade a todos. Claro que pode levar o seu tempo mas é provavél que sim. Se assim não for sempre podemos por a prova o próximo partido que for Governo e desafia-lo a anular este processo de avaliação.

 

Assim fica aqui o nosso agradecimento a Drª.C.C. pelas suas palavras e esperamos poder contar com a sua participação num futuro próximo. Até lá fiquem bem.

Isto é mesmo uma casadegentedoida.


sinto-me:

publicado por casadegentedoida às 00:50
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Zorze a 10 de Janeiro de 2009 às 12:02
O grande problema da questão da avaliação é o modelo. O como avaliar.
Eu sou a favor da avaliação em qualquer local de trabalho, pois sou contra os engonhas, os dançarinos(as) que andam de um lado para o outro com um papel na mão dando a parecer que trabalham muito, em suma, os artistas que "trabalhar tá quieto!".

Agora o modelo de avaliação que estão a implementar em Portugal tanto no sector público como privado, está ferido de morte quanto à justeza no princípio. A avaliação justa e correcta de um grupo de funcionários que executam funções para o qual são pagos.

A curva de Gauss, é a armadilha. Uma direcção diz que o estabelecimento A tem 2 bons e 3 médios, e que o estabelecimento B tem 1 bom, 3 médios e um mau. Significa que o responsável desses estabelecimentos, ou melhor, o avaliador, não vai avaliar, vai encaixar um puzzle.
A juntar a isto, temos a subjectividade do avaliador. Imagina por hipótese que uma funcionário ajoelhou e rezou ao avaliador durante o ano sujeito à sua avaliação. Temos promoção certa.
Bem sabes, tal como eu, pois estivemos num período de tempo no mesmo estabelecimento, e independentemente do maior volume de trabalho produzido por nós, ou a nossa maior pontualidade ou o maior afinco no trabalho, não se reflectiu necessariamente nas avaliações que tivemos.

Resumindo, deve haver avaliação, mas tem que ser feita como deve de ser.
A questão das manifestações dos professores, resulta porque estão mais libertos das hierarquias superiores. Porque tenho a certeza que haveriam muitos outros que faziam mais barulho. Só que não podem é levantar cabelo!

Abraço,
Zorze


De rcrr a 11 de Janeiro de 2009 às 13:17
Uma pergunta, em que medeia a curva de gauss é uma armadilha?

Outra pergunta, concretamente em que aspecto este modelo de avaliação não e o mais adequado? Tirando a parte da "promoção certa" pois isso irá acontecer em qualquer modelo. É preferível não fazer nada e continuar com a "pseudo" avaliação que temos?


De Zorze a 11 de Janeiro de 2009 às 21:08
Apenas avaliar como deve de ser. Com justiça.
Aferir quem produziu mais ou menos.

Tão simples como isso.

Abraço,
Zorze


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Contador
conter12
posts recentes

Feliz Ano Novo de 2017!!!

Mudança!

Deus repara coisas...

Uma gargalhada...

Porque é que depressão ma...

Dia da Mãe e Dia do Traba...

Motivação

Ano Novo!

Férias? Sim.

Um Dia Especial

links
arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Julho 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds