Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009
Nova Sabedoria Popular

Esta foi-me enviada por um amigo que tinha recebido de alguém que recebeu de outro que recebe muitas mensagens de várias pessoas que trocam mensagens entre elas que depois tratam de fazer passar para outras que encaminham para quem querem que depois ficam com vontade de enviar para todos mas não conseguem e acabam  enviando só para alguns pois a caixa de correio não dá para mais e então outros vão fazendo o papel e reencaminham para muitos e assim a mensagem chega a todos que acabam por passar as outros e no fim ninguém sabe quem mandou.

 

Quem te avisa, teu amigo/a é...

 

1) Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, se vires Sócrates, põe-te a chorar.

2) Quem vai ao mar avia-se em terra; quem vota Sócrates, mais cedo se enterra.

3) Sócrates a rir em Janeiro, é sinal de pouco dinheiro.

4) Quem anda à chuva molha-se; quem vota Sócrates lixa-se.

5) Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão; parvo que vota Sócrates, tem cem anos de aflição.

6) Gaivotas em terra temporal no mar; Sócrates em Belém, o povinho a penar.

7) Há mar e mar, há ir e voltar; volta Sócrates quem se quer afogar.

8) Março, marçagão, manhã de Inverno tarde de Verão; Sócrates, Soarão, manhã de Inverno tarde de Inferno.

9) Burro carregando livros é doutor; burro carregando Sócrates é burro mesmo.

10) Peixe não puxa carroça; voto em Sócrates, asneira grossa.

11) Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Sócrates empossado, povinho atropelado.

12) A ocasião faz o ladrão; e de Sócrates um aldrabão.

13) Antes só que mal acompanhado, ou com Sócrates ao lado.

14) A fome é o melhor cozinheiro, Sócrates o melhor coveiro.

15) Olhos que não vêm, coração que não sente, mas aturar o Sócrates, não se faz a gente.

16) Boda molhada, boda abençoada; Sócrates eleito, pesadelo perfeito.

17) Casa roubada, trancas na porta; Sócrates eleito, ervas na horta.

18) Com Sócrates e bolos se enganam o tolos.

19) Não há regra sem excepção, nem Sócrates sem confusão.

(autor desconhecido)

 

Este amigo (que as vezes até penso que é da onça) pediu-me que publicasse esta quadra (em tom de desafio, claro) e assim aqui vai, na integra como me mandaram. Diz o ditado : "A voz do Povo é a Voz de Deus" e o Povo tem muita sabedoria, por isso será bom não duvidar, nem por em causa essa sabedoria.

 Abraços.

 

 


sinto-me:

publicado por casadegentedoida às 23:34
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Zorze a 25 de Outubro de 2009 às 14:27
Pois é!
A sabedoria está onde menos se espera e a sabedoria popular tem muito que se lhe diga.

Abraço,
Zorze


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Contador
conter12
posts recentes

Feliz Ano Novo de 2017!!!

Mudança!

Deus repara coisas...

Uma gargalhada...

Porque é que depressão ma...

Dia da Mãe e Dia do Traba...

Motivação

Ano Novo!

Férias? Sim.

Um Dia Especial

links
arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Julho 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds