Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008
Espero que esta história te faça chorar de tanto rir

Esta história é sobre um casal que estava casado há alguns anos.

O único problema no casamento deles era que o marido tinha o hábito de peidar alto todas as manhas quando acordava.

Sua esposa acordava com o barulho e o cheiro fazia sair lágrimas de seus olhos e ficava com falta de ar.

Todas as manhas ela suplicava para ele parar de peidar , porque estava deixando-a doente. Ele falou para ela que não conseguia parar, e era perfeitamente natural. Ela aconselhou-o a consultar um médico, ela estava preocupada que um dia ele iria por as tripas para fora, os anos passaram e ele continuou a soltar os gases.

Então em um belo dia de Acção de Graças pela manhã quando estava preparando o peru para o jantar e o marido ainda estava dormindo no andar de cima, ela olhou para os miúdos, pescoço, fígado, todas as partes, e veio-lhe um pensamento malicioso em sua mente.

Ela pegou a bacia com os miúdos e foi ao quarto onde seu marido estava dormindo e gentilmente levantou o edredão , puxou o elástico de sua cueca e esvaziou toda a bacia com os miúdos do peru para dentro de sua cueca.

Algum tempo depois ela escutou seu marido acordar com os seus trompetes como de costume o qual veio com um grito de desespero e passos frenéticos enquanto ele corria para o banheiro, a esposa quase não conseguia se controlar enquanto rolava pelo chão de tanto rir, lágrimas escorriam pelo seu rosto! Depois de anos de tortura ela reconheceu que aprontou uma boa prá ele.

Depois de 20 minutos seu marido desceu as escadas com as cuecas ensanguentadas com uma expressão de horror em seu rosto, ela mordeu seus lábios para não rir e perguntou-lhe qual era o problema.

Ele disse: "Querida você estava certa. Todos esses anos que você me avisou e eu não quis te escutar".

"O que você quer dizer?" perguntou sua esposa.

"Bom você   sempre me disse que um dia de tanto peidar eu iria por minhas tripas para fora e hoje finalmente aconteceu."

"Mas com a Graça de Deus, um pouco de vaselina e dois dedos, acho que consegui por quase tudo de volta no lugar."

 


sinto-me:

publicado por casadegentedoida às 00:22
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Zorze a 10 de Abril de 2008 às 01:45
Pois é, o susto que o rapaz apanhou.
Fora misticismos sabe bem dar um granda peido. É uma sensação do caraças.
Lembro-me de dois meninos atrás das maquinetas a ver quem peidava mais alto para confundir os clientes que levantavam dinheiro. Era uma peidaria russa.

Um grande abraço,
Zorze


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Contador
conter12
posts recentes

Feliz Ano Novo de 2017!!!

Mudança!

Deus repara coisas...

Uma gargalhada...

Porque é que depressão ma...

Dia da Mãe e Dia do Traba...

Motivação

Ano Novo!

Férias? Sim.

Um Dia Especial

links
arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Julho 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Julho 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds