Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Esperar

por casadegentedoida, em 14.07.09

 

Um dia fartei-me de esperar, cansei-me, arrumei as minhas coisas e fui embora. Não disse palavra alguma, à nada ou a ninguém. Os parcos haveres que tinha couberam numa mala de mão, a grande angústia que sentia aumentou desmesuradamente a cada passo que dava em direcção a saída.
Nunca compreendeste os meus desejos ou não quiseste compreender. Sempre fugiste ao assunto, duma maneira ou de outra, passaste sempre ao lado. Usaste-me, aproveitaste-te de mim, nunca tiveste intenção de dar nada em troca, apenas querias receber sem nunca retribuir, álias o que sempre soubeste fazer bem.
Mas cansei-me. Hoje se quiseres podes continuar a ser como és, mas não esperes mais de mim, a partir de hoje não há mais nada, faz como quiseres e com quem quiseres. A partir de hoje toda a esperança desvaneceu-se, todo o sonho desfez-se, todo o nevoeiro que nos envolvia dissipou-se, pondo a mostra a dura realidade.
Quando um dia quiseres pode ser que eu já lá não esteja a tua espera para te fazer as vontades, para suprir as tuas necessidades materiais, pois esqueceste das minhas necessidades, não materiais mas emocionais.
Se calhar até nem compreendes o que estou a dizer, talvez não alcançes o sentido destas palavras, se calhar passam-te ao lado mais depressa que o ar que respiras. É pena, realmente é pena, mas assim é, tu segues numa direcção e eu noutra.
 Como diz um amigo: "É a Vida, esta maldita Vida"
Adeus.
(autor desconhecido)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:40


3 comentários

De Zorze a 14.07.2009 às 20:47

Quem espera desespera!

Só espera quem gosta de verdade!

Faz-me lembrar certa empresa portuguesa, onde clientes esperam horas para conversar com o atendedor.
São mais-valias que os mais rePUTAdos economistas e gestores de alcova desconhecem.
E todos os meses voltam. Quem corre por gosto não se cansa.

Abraço,
Zorze

De casadegentedoida a 14.07.2009 às 23:54

Zorze , todos nós esperamos, isto ou aquilo, algo que queremos, desejamos, nos faz falta. Muitas vezes não por necessidade mas por vaidade. Esperamos ter aquele carro, aquele telemóvel ou computador , plasma ou LCD. Mas realmente aquilo que nos faz falta por vezes não conseguimos. As vezes um gesto de afecto é o suficiente.
Abraços.

De Ana Camarra a 21.07.2009 às 21:41

Nos descaminhos do amor acho que há sempre 2 culpas, de quem faz e de quem deixa fazer...

beijos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador

conter12


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Links

Blogs Amigos

Blogs a visitar

Sítios Interessantes





Fazer olhinhos