Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

A montanha pariu um rato...

casadegentedoida, 22.07.13

Olá a Todos!

Não é meu costume falar aqui sobre politica ou sobre políticos, mas por vezes temos de emitir uma opinião ou simplesmente desabafar sobre os acontecimentos que nos perturbam ou que perturbam a nossa sociedade.

 Afinal, para que tanta palhaçada se a decisão já estava tomada? Para que esperar tanto tempo para vir anunciar a continuidade deste Governo?

Não era de se esperar outra coisa. Alguém alguma vez acharia que o Sr. Presidente iria demitir um Governo formado por elementos do seu partido? Alguém no seu perfeito juízo acreditaria que alguma vez, por mais incompetente que sejam os elementos no Governo, o mesmo seria demitido por este presidente? Só alguém muito sonhador poderia pensar assim.

Os danos causados por este Governo são enormes, e não falo apenas financeiramente pois os juros da nossa divida subiram em flecha com as demissões de Vitor Gaspar e Paulo Portas, falo também de confiança externa e interna. Toda esta situação só vem comprovar que os membros do Governo apenas lá estão para trabalhar em beneficio próprio e dos seus partidos. Nada fizeram de bom em prol dos portugueses, criaram ainda mais instabilidade depois de andarem a apregoar que os culpados tinham sido os elementos do partido socialista, do anterior governo.

Sim senhor, em parte tenho de concordar com essa ideia, mas se eles sabiam onde estava o problema também sabiam como resolve-lo, só a incompetência do ex-ministro da Finanças, Vitor Gaspar, é que nos levou ainda mais para o fundo. As suas ideias de "MERDA", como dizia outro dia uma senhora na fila do autocarro, contribuíram e ainda contribui para a lástima que são as nossas Finanças.

A demissão deste Governo resolveria alguma coisa? Seria mesmo melhor mudar?

Na minha opinião a demissão deste Governo não iria resolver nada, só iria agravar ainda mais a crise instalada e faria aumentar a falta de credibilidade no nosso País, faria aumentar a desconfiança dos nossos credores na nossa capacidade de resolução da crise. Uma mudança agora de governo levaria a um aumento da instabilidade dos mercados e seria muito difícil financiarmo-nos com juros aceitáveis (baixos).

Agora com relação a atitude do Presidente da República, essa acho muito criticável pois já deveria ter emitido a sua decisão a mais tempo, o que apenas fez foi "sacudir a água do capote", utilizando o partido socialista como bode expiatório para a sua tomada de decisão, livrando-se das criticas e lançando as culpas no partido socialista. Faz-se agora duma espécie de "Salvador da Pátria" mas sem salvar nada, justifica-se das suas decisões alegando incapacidade de outros em encontrar soluções quando ele também ajudou no problema. Porque não fez nada aquando do primeiro mandato como presidente? Quando as coisas começaram a correr mal e o País começou a afundar-se? Porque durante o seu primeiro mandato de 4 anos passou praticamente incógnito, ausente para os portugueses e sabendo o rumo que as coisas estavam a tomar?

Porque ele sabia e bem como as coisas estavam e o caminho que o País estava a tomar. Mas por razões desconhecidas ele nada fez e nada vai continuar a fazer. As vezes faz-me lembrar aqueles bonecos, os fantoches, que se mete a mão pelo cu acima e são movimentados a nosso bel prazer, dizendo e fazendo aquilo que queremos, contando-nos historias da carochinha e cantando musicas de embalar. Como diz o velho ditado: "Com papas e bolos se enganam os tolos".

Espero estar engando e que mais cedo ou mais tarde o Presidente da República faça alguma coisa que dê novo rumo a situação, até lá teremos de nos aguentar mais dois anos com este DesGoverno, da treta. Saudações do casadegentedoida.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.