Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dar Graxa

por casadegentedoida, em 15.11.09

 Dar Graxa pode ser considerado corrupção? Se sim então estou safo, mas algumas pessoas que conheço deviam estar na cadeia. Se não, continuo na mesma seguindo o meu caminho como até agora.

Mas isto vêm a que propósito? Vêm a propósito do que é corrupção, do que pode ser considerado corrupção, dos autores e possíveis autores. Mas isto fica para outro post.

O que é Corrupção?  (do latim: corruptione) "Acto ou efeito de corromper; podridão; decomposição; putrefacção; (fig.) devassidão; adulteração; suborno; prevaricação."

Simples não é? Toda a gente sabe mas ninguem fala.

Felizmente ou infelizmente nunca me ensinaram a dar graxa. Até aos dezanove anos nunca me passou pela cabeça que para poder ter um emprego decente teria de subornar alguem. Nunca me passou pela cabeça que para poder ter algo a tempos e horas teria de subornar alguem. Nunca me passou pela cabeça que as pessoas com poder para tomar decisões apenas o faziam a troco de prendas, envelopes, benesses várias, automóveis, mulheres, etc.etc.etc.....

Nunca aprendi a dar graxa, ou meter uma "cunha",  faz-me confusão ter de pagar para poder ter algo que já é meu por direito.

Quando vejo as noticias nos jornais ou telejornais, tenho de parar e perguntar: Em que Mundo estamos? Será que tudo se baseia na corrupção, no suborno, nas cunhas e compadrios? nos conhecimentos aqui e ali ou acolá?

Será que já não existem pessoas que gostem de ver o seu trabalho reconhecido pelo que  fazem e produzem? Será que o que conta é o graxismo distribuido a torto e a direito? a este ou aquele?

Onde estão aqueles que se dizem controladores (vigilantes dos bons costumes) e que deveriam estar a evitar estas situações? Se calhar atrás duma secretaria qualquer, a frente dum portátil a ver esquemas e gráficos (cof.cof.cof.) a receber telefonemas deste ou daquela a pedir uns favores, pois eles tambem foram ali parar como? 

Envelopes brancos, envelopes castanhos, sacos azuis, sacos dourados ou vermelhos, sacos cinzentos, tudo sem recibos, claro.

Quem tenta acabar com este modo de vida de alguns é colocado à um canto, é despachado para as catacumbas do esquecimento, para umas férias prolongadas junto ao grupo dos reformados sem direitos.

Mas uma coisa é certa: Cá se fazem, cá se pagam", se não for aqui será noutro lugar, disso não ten~ho a menor duvida.

Abraços a Todos.

Isto é mesmo uma casadegentedoida.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:49


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador

conter12

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


Links

Blogs Amigos

Blogs a visitar

Sítios Interessantes





Fazer olhinhos