Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Dia de Reis.

casadegentedoida, 06.01.19

Um Bom Ano de 2019 a Todos!

E temos mais um Dia de Reis. Mais bolo rei e vinho do Porto. Mais doces e menos álcool. É uma data mais contida, mais reservada.

A partir de agora é que começamos a pôr em prática todas as promessas que fizemos no final de ano. Principalmente aquela dieta há muito prometida. Muitas vão ficar pelo caminho mas essa é aquela que passa a ser a principal. 

A Meta Final. Dieta.Vai começar a corrida aos produtos naturais, saladas, produtos biológicos, ginásios, treinos matinais, muito leite magro, muita fruta. Depois aqueles suplementos naturais, os comprimidos de emagrecimento. Tudo o que estiver ao alcance para atingir o objetivo. 

002.jpg

Estas imagens passam a fazer parte de um passado, pelo menos até os Carnaval ou a Páscoa.

Para quem decididamente vai mesmo fazer dieta deixou aqui todo o meu apoio, faço votos que alcancem  o tão desejado objectivo. (Na semana passada passei em frente a um ginásio, estava cheio, era vê-los ali agarrados as máquinas, a transpirar).

Um Bom Ano 2019. Boa Dieta. 

 

Jantar de Despedida

casadegentedoida, 03.01.12

No jantar de despedida, depois de 25 anos de trabalho à frente da paróquia, o padre discursa:
- A primeira impressão que tive desta paróquia foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com as esposas dos amigos. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã. Fiquei assustadíssimo. Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé.
 
Atrasado, chegou então o Presidente da Câmara para prestar uma homenagem ao Padre. Pediu desculpas pelo atraso e começou o discurso:
 
- Nunca vou esquecer o dia em que o Padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.
 
Seguiu-se um silêncio assustador.
 
 
MORAL DA HISTÓRIA:  Nunca se atrase.


Mas quando se atrasar, fique de boca fechada!