Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

NÃO SENTI NADA

casadegentedoida, 26.02.12

Um médico encontra uma médica num congresso. Após a palestra, saem juntos e resolvem jantar. Depois, vão para um hotel e resolvem ficar hospedados no mesmo quarto.
No quarto, prosseguem com as carícias, beijos, exame físico completo e, após a relação, a médica vai para o toillete, começa a lavar-se: esfrega cada falange, metacarpo, antebraço umas cinquenta vezes.

Da cama, o doutor observa e diz:
- Já sei qual é a sua especialidade...!
A médica pergunta:
- Qual é ?
- Você é cirurgiã...!
- Muito bem, como descobriu...?
- Pelo jeito como se lava.
- Também descobri a sua especialidade ...
- O médico, assustado, diz:
- Impossível ... ! Não me levantei da cama, nem me lavei ...!
- Você é anestesista ...!
- Surpreso, o médico pergunta:
- Como descobriu...?
- Pelo jeito que você faz sexo: não senti nada ...! ! !

(autor desconhecido)

 

Esta anedota faz-me lembrar uma das vezes em que fui a uma consulta médica e foi-me receitado uma batelada de medicamentos.

Andei mais de uma semana a tomá-los. Sem resultado nenhum voltei ao médico e transmiti-lhe o meu desagrado sobre a situação.

Diz-me ele ao fim de algum tempo de silêncio: "Pois, se calhar não são os mais indicados, vamos experimentar outros."

Mais uma carrada de medicamentos. Senti algumas melhoras mas nada de especial. Voltei ao médico e diz-me ele assim:

"Bom, o melhor será marcar uma consulta com um especialista, pois eu sou Clínico Geral." 

Não teria sido melhor, logo na altura, ele ter dito isso? Depois dos medicamentos todos que comprei?

O especialista mandou-me parar com os medicamentos todos e apenas receitou um, e logo comecei a sentir melhoras.

Conclusão: com o primeiro médico a única coisa que senti foi o bolso mais vazio.

 

Isto é mesmo uma casadegentedoida.

Que Ricas Férias...

casadegentedoida, 27.11.09

Em véspera de férias, eis que sou confrontado com alguns problemas de saúde.

Nada que parecesse preocupante, mas entretanto, por vias das duvidas, vamos as urgências, só para descargo de consciência.

Cheguei às 07.45hs e saí às 17.50hs. Foi um dia em cheio, análises, ECG, tensão, consulta de Cardiologia, etc., etc., etc.

Isto foi tudo no HPP, se fosse num Hospital Público levava duas injecções e tá a andar, agora vais ao médico de família e cura-te.

No final saí com o pé esquerdo ligado e duas canadianas.

As férias serviram para a convalescença, muito repouso, muita dieta, alguns mimos (não tantos como queria).

Para já tudo correu bem, a recuperação vai correndo bem, só faltam fazer mais uns exames para tirar umas duvidas. Nada de momento preocupante.

Aqui fica um registo desse momento único, pois à muitos anos que não visitava assim um hospital. Normalmente tenho por hábito levar outras pessoas as urgências, desta vez fui eu.

 

 

 

Isto é mesmo uma casadegentedoida.

Abraços a Todos.