Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Casa de Gente Doida

Onde Tudo é Nada... E o Nada é Tudo

Provavelmente a melhor anedota do ...

casadegentedoida, 06.05.10

Um jovem namorava com uma rapariga judia e queria casar-se com ela mas para isso precisava da autorização do pai dela.

Ao chegar a casa dele, o pai dela explicou-lhe:

 

"Nós somos judeus e temos uma forma peculiar de fazer as coisas. Se quiseres casar com a minha filha tens que passar por uma prova. Toma esta maçã e volta amanhã."

 

O jovem saiu meio alucinado de casa. No dia seguinte voltou.

 

-"Muito bem ,disse o "sogro", que fizeste com a maçã?"

 

 -"Comi-a. Tinha fome."

 

O "sogro" replicou:

 

-"Vês? Muito mal, nós judeus descascamos a maçã e, com a casca fazemos um delicioso licor. Partimos em duas e damos metade aos pobres e com a outra repartimos com a nossa família. Metade das sementes vendemos no mercado e a outra metade, quando tivermos mais, plantamos. Já viste como somos?"

 

-"Bom, vou-te dar outra oportunidade. Toma este chouriço e volta amanhã."

 

O tipo saiu um pouco lixado e voltou no dia seguinte.

 

-"Então, que fizeste com o chouriço?"

 

-"Com o fio fiz uns cordões para os meus sapatos, com o chumbinho fiz um pendente para pôr no fio da sua filha. Parti o chouriço a meio, cortei-o em rodelas e metade dei aos pobres e a outra metade reparti com a família".

 

-"Muito bem! E que fizeste com a pele?"

 

-"Com a pele fiz um preservativo, dei uma queca na sua filha e trago-lhe aqui o leite para fazer um galão!"

 

Isto é mesmo uma casadegentedoida.

 

(Estamos de volta)

Gestão III

casadegentedoida, 08.03.08

Para aqueles que... sei lá para aqueles que a quiserem.

Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico:
- Senhor, dê-me um preservativo. A minha namorada convidou-me para ir jantar

esta noite lá a casa, já saímos há três meses, a pobre começa a estar muito quente

e parece-me que me vai pedir para lhe pôr o "termómetro". O farmacêutico dá-lhe

o preservativo e o jovem sai da farmácia. De imediato, volta a entrar, dizendo:
- Senhor, é melhor dar-me outro, porque a irmã da minha namorada, é uma

boazona de primeira, passa a vida a cruzar as pernas à minha frente que ás vezes

 até lhe vejo as entranhas. Acho que também quer algo, e como vou jantar hoje

 lá a casa... O farmacêutico dá-lhe o preservativo e o jovem sai da farmácia. De imediato, volta a entrar, dizendo:
- Senhor, é melhor dar-me outro, porque a mãe da minha namorada também é

boa como o milho. A velha, quando a filha não está ao pé, passa a vida a insinuar-se dum modo que me deixa atrapalhado, e como eu hoje vou jantar lá a casa... Chega

 a hora da comida e o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada ao lado, a

 mãe e a irmã á frente.
Nesse instante entra o pai da namorada e senta-se também à mesa. O rapaz, baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar:
- Senhor, abençoa estes alimentos, bzzzz, bzzzz, bzzzz,...damos-te
graças por estes alimentos . Passa um minuto e o rapaz continua de
cabeça baixa rezando:
- Obrigado Senhor por estes dons, bzzz, bzzz, bzzz....
Passam cinco minutos e prossegue :
- Abençoa Senhor este pão, bzzz, bzzz, bzzz...
Passam mais de dez minutos e o rapaz continua de cabeça baixa rezando.

Todos se entreolham surpreendidos e a namorada diz-lhe ao ouvido:
- Meu amor, não sabia que eras tão crente ...!!!
- E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico !!!

Conclusão:
Não comente os planos estratégicos da empresa com desconhecidos,
porque essa inconfidência pode destruir a sua própria organização.

(autor desconhecido, recebido por email)